frozen

Filmes pra crianças podem ser francamente ousados, violentos e rudes. Isso não deve ser surpresa – os adultos que assistem a filmes infantis com suas famílias precisam se divertir também, afinal. Mas às vezes as coisas vão um pouco longe demais e algumas cenas acabam excluídas do filme. Desde referências abertamente sexuais até situações desconfortáveis e decididamente estranhas, aqui estão algumas cenas cortadas de filmes infantis que poderiam ter deixado tudo muito mais sombrio.

Zootopia (2016) – Adestramento

zootopia

Zootopia é o conto relativamente feliz de uma coelha chamada Judy Hopps que obstinadamente persegue seu sonho de se tornar uma policial. Ela conhece uma raposa vigarista chamada Nick Wilde e a dupla se une numa investigação a procura de um grupo de animais que desapareceram misteriosamente. Eventualmente eles descobrem que tais animais decidiram voltar pra suas raízes selvagens, potencialmente perturbando a sociedade dos bichos.

Uma cena particularmente perturbadora foi retirada da versão final em que Judy e Nick são convidados pra uma”Festa de Adestramento”, onde os animais jovens recebem coleiras especiais que dão choque quando eles revelam muita “emoção” ou ficam muito animados. Presumivelmente, crianças teriam ficado aterrorizadas ao ver adoráveis animais sendo torturados até a obediência, então os cineastas descartaram esta ideia na sala de edição.

Bambi (1942) – O cadáver da mãe de Bambi

bambi

A mãe de Bambi sendo baleada e morta foi uma cena devastadora o suficiente por si só.

Mas poderia ter sido muito pior, pois o roteiro originalmente exibiria o caçador arrastando seu corpo morto à distância e posteriormente Bambi angustiante encontrando a impressão na neve, onde ela tinha caído depois de ser baleada. Sabiamente, a Disney decidiu não entregar essa dose extra de realidade pros jovens espectadores.

Frozen (2015) – O interrogatório de Elsa

frozen-1

Frozen é um clássico moderno. Crianças em todo o mundo sabem a letra de “Let it Go” e, apesar dos poderes de Elsa serem inegavelmente ameaçadores, ela é uma personagem simpática, ainda mais pelo seu amor por sua irmã mais nova Anna. Garantir que Elsa permanecesse desta forma foi uma decisão deliberada, então os cineastas removeram uma cena específica que descreve um “interrogatório” entre Elsa e dois soldados de Arendelle, durante o qual os dois são presos no gelo e torturados por informações sobre o paradeiro de Anna. Elsa também iria criar um exército de monstros de neve, o que teria criado uma imagem diferente da personagem.

É importante lembrar que Frozen foi originalmente concebido como uma adaptação do conto A Rainha da Neve de Hans Christian Andersen. De acordo com o sombrio material fonte, teria feito sentido lançar Elsa em um papel mais vilanesco, o que era a ideia original do filme, diga-se de passagem.

Meu Papai é Noel (1994) – 1-800-SPANK-ME

meu-papai-e-noel

Ver Tim Allen se transformar em Papai Noel, ganhar peso rapidamente, mudar sua atitude e se familiarizar com as operações de negócios do Polo Norte foi a alegria da infância pra muitas crianças dos anos 90. Meu Papai é Noel é um clássico de Natal, mas se você viu o filme nos cinemas, pode ter ouvido uma piada bastante atrevida que passou despercebida pela maioria das crianças.

Na cena, o personagem de Allen faz uma referência a um tele sexo, dizendo que “sabe tudo sobre” 1-800-SPANK-ME. As crianças realmente começaram a ligar pra esta linha na vida real depois de ouvir a piada, que transmitia um “hotline” adulto. Obviamente, esta cena foi removida da versão caseira do filme após crianças acumularem taxas de telefone – pra não falar das terapias depois do trauma.

1% é Redator desse site, mas aqueles 99% é Vagabundo! :v