Apesar dos orçamentos exorbitantes, Hollywood lança anualmente alguns filmes com absolutamente nenhum motivo pra serem assistidos pela segunda vez. Alguns têm o roteiro horrível ou atuação sem inspiração, alguns são terrivelmente dirigidos ou têm efeitos especiais preguiçosos. Outros, por outro lado, são realmente muito bons, mas são tão deprimentes ou chocantes, que você nunca vai querer vê-los novamente, pelo menos não até que as memórias dolorosas desapareçam. Vamos dar uma olhada em alguns filmes que ninguém em sã consciência gostaria de ver duas vezes. A propósito: alerta spoiler.

O Último Mestre do Ar – 20101

Esta é a história de como M. Night Shyamalan pegou um programa de televisão complexo, filosófico e bem animado e conseguiu excluir tudo o que ele tinha de bom. O Último Mestre do Ar não é só infiel ao material de origem, Shyamalan nem sequer usou os nomes dos personagens direito. Além dos escancarados buracos na trama, o público ficou entediado com os efeitos visuais fracos e os fãs da série se sentiram alienados com o seu roteiro incompreensível e má atuação. Como se isso não bastasse, Shyamalan escolheu atores caucasianos e indianos pra interpretar personagens principalmente asiáticos e inuítes.