Um fato é que músicas populares no Brasil atualmente nem sempre representam qualidade. Seja onde for, no funk, sertanejo ou pagode, as composições são em sua maioria comerciais, criadas por investidores visando um lucro final, e não a arte da música em si.

E isso não acontece só em terras brasileiras; é algo comum mundo fora, principalmente nos Estados Unidos, onde o movimento POP é fortíssimo em todo globo (quem nunca ouviu uma música da Katy Perry ou Ariana Grande?). Com isso, surgem os movimentos indies, de bandas e verdadeiros artistas, que levam a arte a sério.

Aqui no Brasil, um dos melhores nomes nessa cena é O Terno, power-trio que traz um som bem diferente e que você deveria conhecer. Listamos 3 motivos para isso.

4Letras de qualidade

Se esse é um dos nosso principais problemas atualmente, eles têm a solução. Composições sobre amor não correspondido, desilusão e todas as dores que esses dois anteriores causam. Além de algumas críticas, como em 66, onde eles falam sobre o próprio tipo de música que fazem e que isso talvez não fará sucesso.

Voltar