Franquias de filmes de sucesso já decolaram muitas carreira, mas também já fizeram o oposto com vários jovens atores. Aqui estão apenas algumas das razões pelas quais estrelar uma franquia pode significar a ruína em Hollywood.

Ofuscação1

A fama dentro de uma franquia não conta muito quando a franquia é mais conhecida do que o ator. Olhe a estrela de Crepúsculo, Kristen Stewart, por exemplo: não se trata apenas do risco dela ser estereotipada como sua personagem, Bella. Quando as pessoas pensam naqueles filmes, elas pensam em meninas adolescentes gritantes e mães solitárias. E apesar do dinheiro ser bom, diretores e atores realmente não querem ser associados a esse tipo de coisa. Você pode dizer que eles evitam esse tipo de associação tanto quanto vampiros evitam a luz solar.

Fama Precoce2

Às vezes, uma franquia pode tornar um ator ou atriz famoso(a) antes de ser capaz de lidar com esse tipo de coisa. Stewart, que assinou pra Crepúsculo aos 17 anos, disse ao The Guardian que foi varrida num turbilhão da fama numa idade tão jovem que realmente a afetava pessoalmente, o que afetou sua carreira. Ela sentiu que tinha de estar em guarda todos os momentos, criando a impressão de ser a jovem estrela com cara de tédio pela qual todos a conhecem. Agora, seu esforço é se reinventar.

Reputação Duvidosa3

Estrelar numa franquia de alto perfil não ajuda um ator se o filme tem uma má reputação. Jake Lloyd sabe exatamente disso depois de atuar como Anakin Skywalker n’A Ameaça Fantasma, o filme mais insultado de Star Wars. O filme colheu um turbilhão de xingamentos e o desempenho do Lloyd foi especialmente escolhido pras vaias, mas seria injusto culpá-lo pelas falhas do filme. Ele era incrivelmente jovem na época e só estava obedecendo o diretor – George Lucas em pessoa. Infelizmente A Ameaça Fantasma ainda é associada a ele, transformando Lloyd num exemplo do que pode acontecer quando uma franquia sai pela culatra. O próprio Lloyd já contou como sua vida ficou insuportável nos anos seguintes ao filme.

Má Atuação4

Quando um ator faz um filme ruim, isso pode ser varrido pra debaixo do tapete, mas uma série de filmes ruins é mais difícil de esconder – e Natalie Portman descobriu isso da maneira mais difícil depois de aparecer nas “prequels” de Star Wars. A estrela de Cisne Negro contou como esses filmes quase acabaram com sua carreira, argumentando que quase não conseguiu mais atuar e alegando que “nenhum diretor quis trabalhar comigo” por causa desses filmes. Felizmente, ela se esforçou muito depois dessa época, escolheu alguns scripts melhores e foi capaz de deixar Star Wars no passado – mas esse tipo de segundo ato não acontece muitas vezes.

Boa Atuação5

Quase todo mundo amou Elijah Wood como Frodo Bolseiro nos filmes d’O Senhor dos Anéis. E é aí que reside o problema: um projeto de exclusividade longo demais. Embora nunca tenha alegado ter sido prejudicado por isso, ele foi e provavelmente sempre será Frodo pra todos que assistiram aqueles filmes épicos. Felizmente, ele conseguiu trabalho em alguns filmes notáveis desde então, ajudando sua carreira sair da sombra de Frodo. Espero que ele compense a longo prazo, ou vai acabar ficando pela Montanha da Perdição pra sempre.

Vida Pessoal6

Às vezes, a forma como a vida pessoal de um ator cruza com sua franquia pode ajudar a derrubar uma carreira promissora. Tobey Maguire durante o terceiro filme do Homem-Aranha, por exemplo: quando as pessoas viram a sua dança embaraçosa no filme, eles esqueceram o jovem encantador que atuou em Garotos Incríveis e Regras da Vida. No entanto, ninguém nunca vai se esquecer dele dançando com o cabelo de emo. Talvez Maguire poderia ter se recuperado se tivesse um quarto filme do Homem-Aranha, mas todos sabemos o quão lamentável essa franquia de filmes se tornou.

Autonomia7

Trabalhar numa franquia pode fazer um ator abandonar completamente sua carreira, o que quase aconteceu com Emma Watson durante a produção dos filmes Harry Potter. Durante a produção, ela tinha hora certa pra entrar no carro do motorista, hora certa pra comer, hora certa pra ir ao banheiro e chamou toda essa experiência de “dolorosa”. Sua vida ficou tão ruim que ela considerou se afastar da série e é fácil entender o porquê. Após os filmes de Potter, Watson voltou sua atenção pra filmes menores e empreendimentos menos estressantes, como ir pra faculdade e trabalhar com a ONU.

Sacrifícios8

Quando um ator assina pra aparecer em vários filmes como um personagem, isso pode significar ser obrigado a manter a sua aparência durante o tempo que a franquia continuar. Tom Felton, que todos nós conhecemos como Draco Malfoy, teve essa exigência nos filmes Harry Potter. De acordo com Felton, o cabelo e as sobrancelhas eram tão tingidas durante a produção, que ele se esqueceu de que cor realmente eram. De certa forma, Felton sente que perdeu sua infância pra franquia e isso é suficiente pra fazer qualquer pessoa dizer “Avada Kedavra” pra sua carreira.

Ambição9

Comprometer-se a vários filmes significa ter de dispensar outras oportunidades, muitas vezes perdendo a chance de mostrar mais de suas habilidades de atuação. Tal tem sido o dilema enfrentado por Chris Evans cada vez que ele se prepara pra interpretar o Capitão América. Em 2014, ele disse à Variety que queria tentar dirigir por um tempo, mas há sempre “um outro filme pra fazer”. Ser forçado a colocar essa ideia em espera é uma das razões pelas quais ele disse que está pronto pra deixar de atuar assim que seu contrato com a Marvel expirar. Felizmente, já existe um Falcão e um Soldado Invernal pra assumirem o escudo quando Evans se for.

Esgotamento10

Sendo sincero: em última análise, trabalhar numa franquia exige muito tempo e esforço e, por vezes, obrigações contratuais são a única coisa que mantém um ator no estúdio. Evans, por exemplo, já disse que não vai tentar atuar “fora do que estou contratualmente obrigado a fazer”. Considerando que o astro afirmou que ainda deseja fazer mais filmes como o Capitão depois do – estrondoso – sucesso da Guerra Civil, a única dúvida que resta é se ele vai renovar ou não o contrato com a Marvel depois da Fase 3.

1% é Redator desse site, mas aqueles 99% é Vagabundo! :v